Spam puro


Termo cunhado pela Google que se refere a casos em que são usados métodos graves ou reiterados de  técnicas realizadas em websites, tendentes a iludir os utilizadores ou os motores de busca, apresentando-lhes conteúdos com o propósito de os enganar.
Se um webmaster se vir confrontado com esta situação tem duas hipóteses: (1) não faz nada e desiste do site ou, pelo menos, de aspirar a que ele seja divulgado nos motores de busca; (2) pára com todos os processos de webspam, remove quaisquer situações que possam colidir com as diretrizes para webmasters, e pede a reinclusão do site.  


Glossário