Projeto Loon

Uma vez que a missão da Google se prende com a organização de informações a nível mundial e conseguir com que estas sejam facilmente acessíveis e úteis às pessoas, a Google lançou o Projeto Loon

O objetivo é ajudar todas as pessoas do mundo a terem acesso à Internet, através de balões. Estes viajam pela estratosfera numa distância de cerca de 20 km acima da superfície da Terra e ao afastarem-se com o vento formam uma rede de comunicação. A posição de cada balão é determinada pelos algoritmos de software desenvolvidos para o projeto.

O Projeto Loon apresenta vários desafios à engenharia, pois os balões têm de resistir às condições únicas da estratosfera: a pressão do ar é apenas 1% da que existe no nível do mar, o que diminui a protecção contra a radiação UV e a variações de temperaturas extremas, que podem atingir os 80ºC negativos.

Usando a LTE – uma tecnologia de comunicação sem fio – cada balão fornece conetividade a uma área de aproximadamente 40 km de diâmetro no solo. Através de parcerias com empresas de telecomunicações, esta tecnologia permite que as pessoas possam aceder à Internet em qualquer lugar, nos seus dispositivos com suporte à LTE. 

O primeiro teste-piloto teve início em junho de 2013 com o lançamento de trinta balões para a Ilha Sul da Nova Zelândia. Com sucesso, um pequeno grupo de pessoas teve acesso à Internet. Atualmente o projeto-piloto está a ser ampliado, com o objetivo de criar um anel de conetividade contínua em algumas latitudes do hemisfério Sul.

Sobre o autor:
  • Marketing Consultant na Fullsix Portugal
  • Pós-graduação em Marketing Digital (IPAM)
  • Licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial (ESCS-IPL)
  • Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais (FCSH-UNL)

Glossário