Meios de Comunicação

 

Ao longo da história da humanidade criaram-se cinco meios de comunicação em massa: 

  • O livro; 
  • O jornal; 
  • A rádio; 
  • A televisão; 
  • A Internet;

Meios de Comunicação

O livro

O livro multiplicou o número de pessoas que podiam ser alcançadas por um simples indivíduo. Não só se podiam partilhar ideias e conceitos entre milhões de pessoas, como também essas ideias e conceitos podiam transitar duma geração para a outra.


O jornal

O jornal acrescentou o atributo das notícias. Muitas pessoas podiam partilhar os últimos eventos da sua cidade, país ou mesmo do mundo. Na sua essência o jornal adoptou o processo de impressão do livro e acelerou-o drasticamente. Enquanto um livro demorava meses a produzir um jornal era feito de um dia para o outro.

A rádio

A rádio adicionou a voz humana. Notícias e entretenimento podiam ser comuni­cados com emoção e personalidade. Individualidades como Winston Churchill ou Franklin D. Roosevelt usaram o poder da emoção com extrema eficácia para comu­nicarem.

A televisão

A televisão adicionou o atributo do movimento. Se quisermos, rádio com ima­gens em movimento.

A Internet

E a Internet? Que atributo trouxe para o plano da comunicação? A história con­sagrará a Internet como o maior de todos os meios de comunicação da nossa era. E a razão é simples. É o único meio de comunicação em massa que, para além de permitir uma comunicação bidireccional, permite interactividade entre o utente e deter­minado objecto da sua atenção. São exemplos disso os fóruns, os newsgroups, os IM (instant messaging) as listas de discussão ou a simples exploração de um site, que permitem relações bidireccionais constantes.


Glossário