Mass Media

 

Combinação de meios para difusão de uma mensagem publicitária, ou informativa, em larga escala.

Os meios escolhidos podem ser audiovisuais (ex. televisão), visuais (ex. cartaz), áudio (ex. rádio), escritos (ex. imprensa), ou online (ex. Internet). Numa campanha pode optar-se por apenas um dos meios, ou pela combinação de vários.


Mass Media

 

 

Ao longo da história da humanidade criaram-se cinco meios de comunicação em massa: 

  • O livro; 
  • O jornal; 
  • A rádio; 
  • A televisão; 
  • A Internet;

O livro

O livro multiplicou o número de pessoas que podiam ser alcançadas por um simples indivíduo. Não só se podiam partilhar ideias e conceitos entre milhões de pessoas, como também essas ideias e conceitos podiam transitar duma geração para a outra.


O jornal

O jornal acrescentou o atributo das notícias. Muitas pessoas podiam partilhar os últimos eventos da sua cidade, país ou mesmo do mundo. Na sua essência o jornal adoptou o processo de impressão do livro e acelerou-o drasticamente. Enquanto um livro demorava meses a produzir um jornal era feito de um dia para o outro.

A rádio

A rádio adicionou a voz humana. Notícias e entretenimento podiam ser comuni­cados com emoção e personalidade. Individualidades como Winston Churchill ou Franklin D. Roosevelt usaram o poder da emoção com extrema eficácia para comu­nicarem.

A televisão

A televisão adicionou o atributo do movimento. Se quisermos, rádio com ima­gens em movimento.

A Internet

E a Internet? Que atributo trouxe para o plano da comunicação? A história con­sagrará a Internet como o maior de todos os meios de comunicação da nossa era. E a razão é simples. É o único meio de comunicação em massa que, para além de permitir uma comunicação bidireccional, permite interactividade entre o utente e deter­minado objecto da sua atenção. São exemplos disso os fóruns, os newsgroups, as listas de discussão ou a simples exploração de um site, que permitem relações bidireccionais constantes.


Susana Cebolas


Sobre o autor:

Glossário