Gateway de pagamento

 

Serviço prestado por uma organização externa que automatiza a transação financeira entre o comerciante e o cliente. O termo gateway de pagamento também é utilizado para designar o sistema que processa, verifica, aceita ou declina as transações dos cartões de crédito em nome do comerciante através de ligações seguras de Internet.

No comércio eletrónico um gateway de pagamento é o termo usado para descrever um prestador de serviço que autoriza a aplicação e os processos de pagamentos eletrónicos, entre você, o seu cliente, o cliente do cartão de crédito e do banco emissor e o seu próprio banco. Trata-se duma peça importante do quebra-cabeça das transações online.

Gateway de Pagamento

O que é exactamente um gateway de pagamento?

Pense num gateway de pagamento como o equivalente online ao terminal pagamento que se vê nos supermercados. O sistema permite que você aceite cartões de crédito, de débito e outras formas de pagamentos eletrónicos no seu site.
O gateway de pagamento é na verdade um sistema informático em que os processos de transferência, controlo, envio e recepção de informações de transação para a rede de cartão de crédito em nome do comerciante, usando conexões com a Internet segura. É a infra-estrutura que permite que um comerciante aceite cartões de crédito e outras formas de pagamentos eletrónicos.

Os gateways de pagamento podem ser implementados de duas maneiras. No primeiro caso pode levar o cliente para um site de terceiros para processamento do cartão de crédito. No segundo, o pagamento pode ser processado através do chamado Merchant API (Application Program Interface) que é integrado com o servidor que aloja o seu site. Neste cenário, o cliente nunca deixa o site do comerciante na Internet.

Como funciona um gateway de pagamento?

Um gateway de pagamento executa processos muito específicos. É realmente um processo demorado e regulamentado, apesar de a autorização de transação acontecer apenas alguns segundos depois que o cliente clicar no botão de check-out do seu site.
Veja-se como este sistema facilita as transações online entre você e o seu cliente:

  1. O cliente envia as informações de cartão de crédito recolhidas na loja online através duma página segura.
  2. A transação é criptografada e o comerciante submete as informações do cliente do cartão de crédito para o gateway de pagamento.
  3. O gateway de pagamento recebe a informação do comerciante e, em seguida, passa-a juntamente com o processador do banco do comerciante, usando uma ligação segura.
  4. O processador do banco do comerciante apresenta as informações de transação para o processador do cartão de crédito.
  5. O processador do cartão de crédito traça a rota da operação e verifica as informações e os fundos com o banco do cliente.
  6. O banco emissor do cartão de crédito irá aprovar ou recusar a transação e enviar os resultados para o processador do cartão de crédito, e também fornece os resultados de transações para o processador do banco do comerciante.
  7. O processador do banco do comerciante envia os resultados para o gateway de pagamento. Neste ponto da operação, o gateway de pagamento armazena a transação em nome do comerciante e do cliente. O processo de autorização pelo gateway de pagamento está completo em apenas alguns segundos.
  8. Finalmente, a transação é concluída quando o banco emissor do cartão de crédito, envia os fundos para o processador do cartão de crédito, que passa os fundos para o banco do comerciante para o depósito na conta bancária do comerciante.

O que ponderar ao escolher um Gateway de Pagamento

Os prestadores de serviços de gateway de pagamento oferecem uma série de recursos e serviços de valor acrescentado. Seguem cinco aspectos a ter em conta quando escolher o seu fornecedor:

Compatibilidade com o carrinho: Uma das primeiras coisas que você precisa de considerar é a compatibilidade com o sistema existente na sua loja online. Este aspeto é crucial, especialmente se você já comprou e instalou o seu software de e-commerce.

PCI Compliance: O gateway de pagamento é a empresa que irá tratar e armazenar informações do cartão de crédito dos seus clientes. Qualquer prestador de gateway de pagamento que escolher deve satisfazer o cumprimento de normas PCI (PCI-DSS) ou usar uma fonte confiável para atender aos padrões de conformidade. Se ainda não tiver escolhido um fornecedor, a Visa disponibiliza uma lista de prestadores de serviços validados pela norma PCI-DSS, incluindo gateways de pagamento que podem ajudá-lo a refinar a sua pesquisa.
Para saber mais sobre PCI Compliance: www.pcicomplianceguide.org

Cartões e divisas suportados: Outra característica importante dum gateway de pagamento é o tipo de cartões de crédito e o tipo de divisas que pode processar. Se você pretende oferecer itens para venda em regiões com diversas moedas ou cartões de crédito, verifique se o prestador de serviços oferece suporte para vários tipos de cartões de crédito e outras formas de pagamento on-line e também em moedas diferentes.

Faturação recorrente e encomendas por telefone: Nalguns casos em que se oferece suporte ou serviços baseados em assinatura é preciso assegurar que o gateway de pagamento suporta pré-faturação e faturação de retorno automático (ou ARB – Automated Recurring Billing), e que também oferece ferramentas de gestão para a revisão do balanço e da história da conta do cliente. Outra característica importante é a capacidade de login e processamento manual de transacções de clientes – por exemplo, em virtude duma encomenda feita por telefone. Este serviço é chamado de "terminal virtual", e é um serviço que o prestador do serviço deve oferecer.

Deteção de fraudes serviço de prevenção: Um bom gateway de pagamento deverá oferecer ferramentas automatizadas para ajudar a combater fraudes de cartão de crédito, incluindo a capacidade de identificar as operações suspeitas e de garantir que o prestador oferece suporte de acordo com os padrões da indústria tais como o Sistema de Verificação de Endereço (ou AVS – Adress Verification System). Esse recurso de segurança garante que o endereço da factura do cartão de crédito do cliente condiz com a informação do emissor do cartão de crédito.

Pagar por um gateway de pagamento: o que esperar

Uma consideração importante que todo o comerciante precisa de averiguar é o custo total de utilização do serviço. As taxas variam de preço em função de cada prestador de serviços, e você vai descobrir rapidamente que a maioria dos prestadores de serviços de gateway de pagamento também cobra “taxas de valor acrescentado" de serviços, tais como ferramentas de prevenção de fraude profissional e apoio de helpdesk. Muitos também cobram taxas para os diferentes aspectos do processo de transacção. Em geral, pode esperar ser cobrado para alguns, senão todos, dos seguintes tipos de taxas:

  • Taxa de ativação do serviço (geralmente uma taxa única). Há muita concorrência nesta indústria, e você pode pedir para ser dispensado da taxa de set-up.
  • A taxa fixa de serviço mensal ou anual. É muitas vezes baseada no número de transacções no processo do gateway de pagamento. São frequentemente oferecidos descontos a comerciantes de maior volume.
  • A taxa por transação - poderia ser uma taxa fixa taxa por transacção, mas normalmente é uma percentagem do seu valor.
  • Taxas de levantamento - podem ser cobradas quando você retirar os fundos para sua conta bancária.
  • Taxas de estorno (Chargeback) - são cobradas quando você devolve dinheiro a um cliente. Chargebacks acontecem quando um cliente contesta a cobrança no seu cartão de crédito. Você é responsável por pagar o montante integral do estorno, e o gateway de pagamento também pode cobrar uma taxa fixa de estorno.
  • Outras taxas - podem ser cobradas pela utilização de recursos específicos do serviço, tais como a prevenção e detecção da fraude, ferramentas de relatórios, helpdesk e serviços de suporte técnico.

É extremamente importante ler o contrato do prestador de serviços de gateway de pagamento. Saber com antecedência quais os serviços que serão cobrados e qual o valor em euros que as taxas atingirão. Tenha em mente que é importante haver helpdesk e suporte técnico gratuito, e não se prenda a um fornecedor que cobra uma taxa de rescisão se você decidir mudar de fornecedor de serviços.

Mudar prestadoras de serviços de gateway de pagamento

Quando você escolhe um gateway de pagamento para a sua loja online, uma coisa a notar é que não deverá estar preso a esse prestador, a menos que tenha assinado um contrato de longa duração. Todos os gateways de pagamento trabalham da mesma forma. Então se achar que o seu prestador actual não está a satisfazer as suas necessidades, pode mudar de fornecedor, desde que assegure que o novo é compatível com o seu software.

Prestadores

A melhor abordagem para encontrar um gateway de pagamento é estimar o número de transações que poderá ter num mês para obter uma melhor noção dos custos e, em seguida, escolher o prestador que oferece suporte para as soluções existentes de e-commerce e software do carrinho de compras. Você pode restringir ainda mais a lista de potenciais operadores depois de investigar quem tem registo como fornecedor validado pelas normas PCI-Compliance.

Fonte: www.ecommerce-guide.com

Ver artigo original deste autor nesta página.

Glossário