Flipboard

Em 2010, durante uma sessão de brainstorming entre Evan Doll e Mike McCue surgiu a ideia de se criar uma aplicação com a capacidade de consumir conteúdo em formato de revista e de se ligar às várias redes sociais existentes, a que deram o nome de Flipboard. Originalmente projetado para o iPad, foi reconhecido como iPad App da Apple do Ano em 2010.

O Flipboard é uma aplicação gratuita, que funciona como uma revista social personalizada, onde cada um de nós consegue adicionar e criar a sua própria revista, isto é, temos a possibilidade de escolher o conteúdo que queremos receber e quando o queremos receber. Para além disso podemos juntar todas as nossas redes sociais em apenas uma interface. O Flipboard tem capacidade para estabelecer ligação a várias redes sociais (tais como Twitter, Facebook, Instagram, Google+, YouTube, LinkedIn, Flickr, 500px, SoundCloud, Sina Weibo, Renren, Tumblr e New York Times), agilizando a sua leitura e interação.


A aplicação inclui todas as publicações, apresentando-as ao utilizador através de um visual atrativo que simula uma revista digital.


Apresentamos aqui duas desvantagens do Flipboard:

  • Por possuir muitas funcionalidades e integrar muitas redes sociais pode se tornar confuso.
  • Não existe modo de visualização horizontal, apenas vertical.
E também onze vantagens:

  • Gratuito.
  • Visual inovador.
  • Todas as notícias do seu interesse e actualizações sociais em uma única revista personalizada
  • Fácil navegação e publicação de conteúdos.
  • Itens mais populares (personalizados) surgem na capa.
  • Integração com redes sociais.
  • Possibilidade de criar uma revista própria/personalizar.
  • Possibilidade de subscrever e seguir revistas criadas por outras pessoas.
  • Vários suportes (iOS, Android, Kindle Fire e Nook).
  • Disponível em vários idiomas.
  • O Flipboard funciona também como outdoor virtual, sem qualquer custo.

É rápido e muito fácil criar uma conta Flipboard. Terá de seguir estes passos:


1. Abrir a aplicação.

2. Clicar em criar uma conta.

3. Escolher um nome de utilizador (nome esse que deve ser consistente com o nome usado nas redes sociais. Flipboard não permite a alteração do nome de utilizador.)

4. Adicionar um nome e endereço de e-mail para verificação da conta.

5. Configurar preferências/Pesquisar temas, seguir os que interessam.

6. Criar revistas pessoais/personalizadas.

7. Iniciar criando conteúdo para as revistas.

Depois de concluídos todos os passos é só acompanhar as actualizações das timelinesDepois de criada a conta Flipboard, pode-se começar a explorar todas as funcionalidades que a aplicação nos disponibiliza. Rapidamente percebemos que com simples “deslizes” navegamos facilmente pela aplicação, de cima para baixo actualizamos a página inicial em busca de informações mais recentes; de baixo para cima mudamos de uma página para a outra e da direita para a esquerda abrimos um menu lateral chamado “Conteúdo”. No início poderá sentir alguma dificuldade ao navegar pela aplicação, mas o design, a organização e o múltiplo conteúdo fazem desta uma aplicação muito interessante. Na página principal recebemos as “Notícias de Capa”.


Na imagem abaixo poderá visualizar o Flipboard já com as categorias que selecionou e das quais pretende receber notícias e updates.


Flipboard

Fonte: Flipboard

Sobre o autor:
  • Marketing Consultant na Fullsix Portugal
  • Pós-graduação em Marketing Digital (IPAM)
  • Licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial (ESCS-IPL)
  • Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais (FCSH-UNL)

Glossário